Túnel que Chora – Conservatória RJ

O túnel Maria Komaid Nossar, também conhecido como o Túnel que Chora, teve sua construção iniciada em 1880 e foi inaugurado em 1883, com a presença da família imperial, para criação de uma ferrovia para transporte do café. 

0 161
O túnel Maria Komaid Nossar, também conhecido como o Túnel que Chora, teve sua construção iniciada em 1880 e foi inaugurado em 1883, com a presença da família imperial, para criação de uma ferrovia para transporte do café. Túnel que Chora – Conservatória RJ.
Em 1876, o então Distrito de Santo Antônio de Rio Bonito, hoje Conservatória, estava no auge com os seus cafezais. O único meio de transporte era feito no lombo de burro, sendo necessário criar uma ferrovia, cujas obras tiveram início em 1877 e, em 1880 chegaram próximos a uma grande montanha, tornando necessário a abertura de um túnel. Foi aberto com duas frentes de trabalho escravo, que se encontraram no meio daquela escavação. O Túnel encontra-se no estado de rocha bruta, sendo possível observar o trabalho artesanal dos escravos em sua escavação.
No interior do Túnel existe uma fonte de água pura cuja água corre constantemente em suas pedras, o que deu o nome ao Túnel que chora. O túnel tem 95m de extensão, 5m de largura e 3,5m de altura, ressaltando o trabalho artesanal dos escravos.
A iluminação é feita com lampiões antigos à eletricidade e o calçamento é em pedra pé-de-moleque. Hoje, é utilizado para passagem de carros e pedestres.

O Túnel está situado na Rua das Flores, próxima a RJ 137 que liga Barra do Piraí e Conservatória.

São muitas as opções de hospedagem em Valença. Clique aqui para ver a lista completa de locais para se hospedar.

Túnel que Chora – Conservatória RJ

 

⏳ Túnel do Tempo. #RiodeJaneiro #Conservatória #Gopro

A post shared by Bruno Paes (@brunopaeshnd) on

 

Lindoooo ❤

A post shared by Fabi Silva :') (@fabicindy) on

Comentários
carregando...